Destaques Polícia

Ataque à tiros na fazenda Jatobá em Machadinho d’Oeste deixa um morto e dois baleados

Um ataque ocorrido na madrugada deste sábado (24) à Fazenda Jatobá, localizada na Linha T-15, zona rural de Machadinho D’Oeste (RO), deixou uma pessoa morta e duas baleadas.

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de homicídio após uma emboscada na referida fazenda, que foi alvo de uma operação de reintegração de posse realizada no último dia 11 de junho, na qual retirou ocupantes da propriedade rural, que havia sido invadida por sem-terras.

Uma equipe de policiais civis, juntamente com as guarnições da Polícia Militar, diligenciou até o local para averiguar a denúncia e, em conversa com os funcionários da propriedade rural, eles informaram que estavam dormindo, quando por volta das 2 horas da madrugada foram surpreendidos por elementos armados que atiraram contra eles.

Segundo as testemunhas, um grupo de aproximadamente 12 homens fortemente armados, que teriam utilizado técnicas de guerrilha e conhecimento em emboscadas, se dividiram e quatro grupos e efetuaram vários tiros de arma de fogo contra as vítimas, realizando disparos de pontos estratégicos.

L.G. de O., 28 anos, que estava dormindo em um abrigo no curral da propriedade, foi atingido por dois disparos de arma de fogo e veio a óbito no local. Outros dois funcionários também foram alvejados, sendo um atingido no joelho direito e o outro no braço direito. Eles foram socorridos pelos colegas de trabalho até o Hospital Regional de Ariquemes.

Durante as buscas na propriedade os policiais localizaram 74 estojos de munições deflagradas dos calibres .12, .30, .22 e 9mm, além de duas munições intactas de calibre .12 e 4 projéteis amassados, os quais foram
recolhidos e apreendidos.

A Polícia Técnico-Científica também foi acionada para a realização dos trabalhos periciais e após liberou o corpo da vítima para ser removido pela funerária de plantão.

A Polícia já investiga o caso na tentativa de chegar aos autores da emboscada que culminou em homicídio e prendê-los.

Fonte: Anoticiamais